O acesso ao ensino superior de qualidade, infelizmente, ainda não é uma realidade para todos no Brasil. Muitas pessoas acabam deixando de cursar uma faculdade ou porque as universidades públicas são concorridíssimas e não têm capacidade de oferecer vagas para todos ou porque as instituições privadas têm mensalidades muito caras.

O que muitos não sabem é que universidades particulares oferecem bolsas de estudos – integrais ou parciais – podendo haver sim parcelas que caibam no bolso para pagar um curso superior.

A dica é selecionar as instituições que possuem o curso que você deseja e entrar em contato diretamente, por telefone, email ou pessoalmente. Como cada universidade procede de um modo diferente, desta forma você pode obter detalhes e já ser direcionado para o que deve fazer para obter sua bolsa de estudos. Também vale conversar com pessoas que já tenham passado pela instituição e pelo curso que você deseja fazer, é sempre bom ter referências.

Veja algumas possibilidades e como conseguir uma bolsa de estudos para faculdade! 😉

Programas para bolsas de estudo em faculdades

Group of graduate students holding their diploma

O Ministério da Educação através de programas e em parceria com universidades privadas concede bolsas ou financiamento aos cursos para alunos que não dispõem de recursos para pagar uma faculdade. Os principais mecanismos são o ProUni e o Fies, mas há muitos outros também, incluindo créditos privados. Conheça os principais programas que oferecem bolsas de estudo:

Bolsas de estudo ProUni

É um programa do Ministério da Educação que concede bolsas de estudo integrais e parciais de 50% em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior.

Bolsa integral: para estudantes que possuam renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio.

Bolsa parcial de 50%: para estudantes que possuam renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos.

O processo seletivo do Prouni é composto por duas fases: processo regular e processo de ocupação das bolsas remanescentes. No processo regular, pode se inscrever o candidato que tenha participado da edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano imediatamente anterior e que tenha obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas das provas do Exame e nota acima de zero na redação.

Mais informações aqui

FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em cursos superiores não gratuitas na forma da Lei 10.260/2001. Podem recorrer ao financiamento os estudantes matriculados em cursos superiores que tenham avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação.

Mais informações aqui 

PraValer

Consiste em um programa de crédito universitário privado que oferece financiamento do valor a ser pago em caso de o estudante ter bolsa parcial. Pode ser obtido em diversas universidades e a disponibilidade de bolsas varia durante o ano. 

Mais informações aqui  

Educa Mais Brasil

Programa que disponibiliza milhares de bolsas de estudo de até 70% de desconto em todo o país para cursos de graduação, pós-graduação, educação básica, cursos técnicos, profissionalizantes, idiomas, entre outros. Para ser contemplado, o candidato deve comprovar renda insuficiente para pagar as mensalidades. A inscrição pode ser feita pelo site durante o ano inteiro.

Mais informações aqui  

Quero Bolsa

É um projeto que oferta vagas para cursos de graduação, pós-graduação, técnicos e cursos livres, presenciais e à distância. No site, você pode procurar o curso desejado e inserir o valor de que dispõe para pagar a mensalidade e o buscador informa se há bolsas para o seu perfil. Em seguida, você faz uma pré-matrícula pelo site mesmo. Para obter o desconto, o aluno não precisa comprovar renda nem ter feito a prova do Enem. A busca e pré-matrícula podem ser feitas durante o ano todo, variando conforme a disponibilidade das bolsas pelas universidades.

Mais informações aqui  

Educafro

É uma ONG que luta pela inclusão no ensino superior de negros e pessoas de baixa renda oriundas de escolas públicas. Uma de suas ações é oferecer bolsas de estudo de até 100% para graduação e pós-graduação em parcerias nacionais e internacionais com instituições de ensino conceituadas em diversos cursos.

Mais informações aqui 

Faculdades que oferecem bolsas de estudo

Graduates of the University

  • FGV – Fundação Getúlio Vargas

A FGV oferece bolsas de estudo na unidade do Rio de Janeiro para os cursos de Administração, Direito, Economia, Ciências Sociais e Matemática Aplicada; e em São Paulo para os cursos de Administração de Empresas, Administração Pública, Direito e Economia.  

A faculdade possui três tipos de bolsa:

Bolsa Mérito: destinada aos candidatos aprovados nos processos seletivos. Pode chegar até 100% do valor da mensalidade para os primeiros colocados. Cada curso possui um processo seletivo com datas específicas, vale conferir a data do vestibular para o curso desejado no site: http://cacr.fgv.br/

Bolsa Restituível: concedida na forma de financiamento escolar aos alunos do curso de graduação que demonstrarem bom rendimento acadêmico e/ou necessidade econômico-financeira.

Bolsa Demanda Social: concedida de acordo com a necessidade financeira e social do requerente. É semestralmente renovável, caso solicitada, de acordo com critérios estipulados por cada curso.

Mais informações aqui 

  •  PUC – Pontificia Universidade Católica

A PUC concede semestralmente bolsas de estudo para curso superior integrais ou parciais. O auxílio pode ser obtido através do ProUni, FIES ou através de Editais Públicos que contemplam alunos cujo perfil socioeconômico atenda à Lei de Filantropia (Lei 12.101 de 27 de novembro de 2009).

Há ainda a modalidade Bolsa de Mérito Acadêmico:

-Integral: uma bolsa de estudos integral (100%) ao 1º classificado no Vestibular Unificado de Verão em cada campus. Essa bolsa é pessoal e intransferível e para renovação é exigida a aprovação em pelo menos 75% das disciplinas cursadas.  

– Parcial: uma bolsa de estudos parcial (50%) ao melhor classificado em cada curso, em primeira opção no Vestibular Unificado de Verão, que seja comprovado o egresso de escola pública. Essa bolsa é pessoal e intransferível e para renovação é exigida a aprovação em pelo menos 75% das disciplinas cursadas.

Mais informações aqui  

  • UNIP – Universidade Paulista

A UNIP distribui bolsas integrais aos melhores colocados em seu processo seletivo. As bolsas são distribuídas de acordo com o desempenho/potencial do candidato e, também, de forma que todos os campi da UNIP sejam contemplados. As provas do processo seletivo podem ocorrer em mais de uma data durante o semestre. Vale conferir o site:

Mais informações aqui  

  • Uninove – Universidade Nove de Julho

A Uninove possui diversos programas próprios e parcerias com entidades, empresas e projetos do Governo para a concessão de bolsas e descontos. Exemplos são o PRONATEC (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), PRIUNI (Programa de Inclusão Universitária), FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), PROUNI, entre outros.

Mais informações aqui 

  • Cásper Líbero

A Cásper Líbero oferece bolsas de 20% a 70% de desconto nas mensalidades para os cursos de Jornalismo; Publicidade e Propaganda; Rádio, TV e Internet; e Relações Públicas. A avaliação é feita de acordo com critérios socioeconômicos.

Mais informações aqui  

Bolsa de estudo para faculdade no exterior

Travel planning concept on map

Estudar no exterior é um sonho para muita gente e, sem dúvidas, uma experiência ímpar. Apesar de parecer difícil, não é impossível obter uma bolsa de estudos para uma faculdade no exterior.

Para quem não tem a menor noção por onde começar, a primeira dica é selecionar o país para onde gostaria de ir. Se a língua falada for diferente do português, já comece a estuda-la, caso não seja proficiente. Todas as universidades no exterior pedem comprovante de proficiência em sua língua quando você se candidata a uma vaga.  

Muitas universidades no exterior possuem convênios com as universidades brasileiras. O caminho mais seguro para quem já está em um curso superior em uma universidade brasileira é procurar se informar sobre os convênios e parcerias que sua faculdade tem com universidades no exterior. Cada instituição tem um procedimento próprio e a disponibilidade de bolsas varia muito conforme o curso, a faculdade, o país…  Caso você deseje fazer a graduação inteira no exterior, comece selecionando o curso, o país e a faculdade. Depois de definidos estes quesitos, entre em contato diretamente com a universidade e pergunte sobre os procedimentos de matrícula para alunos estrangeiros e a concessão de bolsas.

Geralmente os procedimentos são bem burocráticos e chatos, mas se você deseja estudar no exterior, respire fundo e manda ver! É perfeitamente possível e a experiência com certeza será inesquecível!

Escrito Por: Vanessa Petroncari

Gostou do post? Deixe sua opinião aqui:

Post escrito por:

Nayranna Noemia