Afinal, qual o critério para classificar uma cerveja como artesanal? O consenso na comunidade de apreciadores da cerveja parece ser a forma de fabricação: a Cerveja Artesanal deve ser produzida quase de forma caseira.

Mas isso não significa produzir pouca cerveja, nem deixar de usar equipamentos modernos na fabricação.

O diferencial da Cerveja Artesanal está no cuidado e carinho dedicados à receita e à produção, além da preferência por ingredientes naturais e de alta qualidade.

Tanta preocupação com a qualidade resulta em sabores muito mais interessantes e em uma incrível diversidade de opções.

cerveja artesanal

Tanto nas brasileiras quanto nas cervejas importadas, o foco para definição do que é a cerveja artesanal está na escala de produção. A preferência dos entendidos do assunto fica com cervejarias pequenas (que produzem até 700 milhões de litros por ano), independentes (as que não foram adquiridas por gigantes do ramo de bebidas alcoólicas), e principalmente tradicionais.

Mas não só por tamanho da cervejaria se define a Cerveja Artesanal. O consumidor está interessado em conhecer a receita, saber onde a cerveja foi desenvolvida e produzida, quais são as inspirações para seus sabores e quer ter a certeza de que está consumindo ingredientes orgânicos e de qualidade.

Qual a diferença entre a cerveja artesanal e cerveja industrializada?

produção cerveja artesanal

Se cervejas artesanais podem ser produzidas em uma escala relativamente grande e com maquinaria moderna, o que as diferencia de uma cerveja comum?

Para responder essa dúvida, podemos começar falando da própria escala de produção.

Com uma cerveja industrial, o objetivo é atender ao maior número de consumidores possível. Com o foco na quantidade, obviamente a atenção a qualidade fica comprometida. Além do mais, uma cerveja feita para agradar um público muito amplo acaba genérica e sem as características mais importantes de Cerveja Artesanal: A identidade e autenticidade.

cerveja artesnal 03

E já que estamos falando da identidade, a apresentação visual da Cerveja Artesanal é também totalmente diferente da industrializada.

Como a cervejaria está preocupada com a essência do produto e com a qualidade dos ingredientes, a embalagem vem cheia de personalidade e com informações detalhadas sobre o produto.

Ler o rótulo se torna parte da experiência, descobrindo os ingredientes, tempo de maturação e notas de sabores presentes na bebida.

O conceito da cerveja artesanal é a atenção aos mínimos detalhes, e essa atenção se estende da receita até o rótulo.

rotulo cerveja artesanal

A receita, aliás, é a estrela da festa. Mesmo uma pessoa que não tenha nenhum conhecimento sobre cervejas consegue diferenciar a cerveja artesanal da industrializada somente pelo paladar.

Enquanto a cerveja industrial é fabricada com uma mistura de malte (que costuma a ser composta principalmente de outros cereais, como milho) e a grande escala de produção e distribuição exige a adição de conservantes e aromatizantes artificiais, a cerveja artesanal é feita com ingredientes selecionados e orgânicos, além de não usar produtos químicos para equilibrar sabores ou aumentar o tempo de prateleira da bebida. Isso faz uma diferença enorme no sabor.

Veja os tipos de Cerveja Artesanal:

cerveja artesanal 05

O novato no mundo de cervejas artesanais pode se intimidar com a enorme variedade de tipos e sabores que encontrará, já que entre as industrializadas o número de opções é bem pequeno.

Mas não é nada complicado descobrir sobre os principais tipos de cervejas artesanais e escolher o que melhor atende sua preferência.

As cervejas importadas já oferecem essas opções faz tempo, mas as brasileiras têm ganhado seu espaço na variedade e no carinho dos apreciadores de longa data.

Existem centenas de tipos de cervejas artesanais disponíveis mundialmente, mas os mestres cervejeiros as dividem em três principais grupos.

Ales – Complexas e Encorpadas

cerveja artesanal 06

As Ales, queridinhas dos países mais frios por ser bem encorpada, costumam a apresentar um sabor complexo e intrigante.

Sua característica encorpada vem de um nível de fermentação alto (entre 15º e 25º), o que exige uma técnica impecável do mestre cervejeiro.

Esse tipo de cerveja artesanal costuma a ter uma grande diversidade de aromas e sabores presentes, a tornando a favorita de quem gosta de se aventurar e experimentar coisas novas.

Existem vários subtipos de Ale que variam em cor, sabor e teor alcoólico. Entre as Ales mais populares estão a Stout, cerveja escura famosa por seu alto teor alcoólico e o gosto acentuado de malte torrado, a Irish Red Ale, que usa malte levemente torrado ou caramelizado e a English Pale Ale, com um sabor mais amargo que suas companheiras e um nível baixo de carbonatação, quase não formando o famoso colarinho. 

Lagers – Práticas e Leves

cerveja artesanal 07

Com teores alcoólicos mais baixos e processo de fermentação mais simples, a Lager é a grande líder de consumo no mundo. A cerveja que conhecemos no Brasil como “pilsen” na verdade, é a American Lager. A Pilsen em si é um outro tipo de Lager, mais amarga e com maior quantidade de lúpulo na receita, bastante popular para utilização em chopps.

Já nossa American Lager, tem um estilo de produção bem parecido com a Pilsen, mas costuma a ter os sabores e aromas mais suaves e ser mais leve de forma geral.

Mas nem só de sabores delicados é feita a Lager. A Schwarbier (“cerveja preta”, em alemão”) costuma a trazer notas mais expressivas para a categoria, mas é, ainda assim, mais suave do que as Ales.

Lambics – Raras e Especiais

cerveja artesanal 08

As Lambics são produzidas apenas na Bélgica, na região de Bruxelas, ou seja, são inerentemente cervejas importadas. Seu processo de fermentação é bastante peculiar, conhecido como Fermentação Espontânea, que ocorre naturalmente devido a micro-organismos encontrados apenas na flora dessa região. Isso faz com que o processo de fabricação das Lambics seja demorado e consequentemente mais caro. Para tornar o sabor ainda mais especial, frequentemente são adicionadas a suas receitas diversas frutas, como framboesas ou laranjas.

Toda a exclusividade acaba colocando as Lambics entre as Cervejas Artesanais mais caras do mundo.

Onde Comprar Cerveja Artesanal?

A Cerveja Artesanal é comercializada em Pubs, Empórios e Lojas especializadas.
Você pode também encomendar a sua em uma loja online. Existem até mesmo planos de assinatura mensal onde você recebe uma Cerveja Artesanal diferente por mês para conhecer diversos rótulos!

Confira algumas lojas online que oferecem códigos promocionais para a compra de cervejas artesanais:

  • Empório da Cerveja: Cupom de R$ 10,00 de desconto para a primeira compra no site.
  • The Beer Planet: Cupom exclusivo com 12% de desconto em cervejas especiais e artesanais.
  • Cerveja Store:  A loja oferece Cupom de 10% de desconto válido em todo site.

 

Escrito Por: Amanda Comicio

nayara

Gostou do post? Deixe sua opinião aqui: