Análise do consumidor na Black Friday 2020

relógio 20 de novembro de 2020

Análise do consumidor para a Black Friday 2020 - Cuponomia

A Black Friday já é a segunda data mais importante do varejo, ficando atrás apenas do Natal, movimentando R$ 3,2 bilhões em  2019, uma alta de 23,6% em relação à edição de 2018, quando as vendas somaram R$ 2,6 bilhões, de acordo com dados do Ebit. A expectativa do mercado é que este ano, os resultados sejam ainda melhores.

Para analisar as tendências e o comportamento do consumidor na Black Friday 2020, o Cuponomia, realizou uma pesquisa com usuários do e-commerce residentes no Brasil, no período de 1 a 10 de Novembro de 2020.

 

Intenção de compra: Black Friday 2020

De acordo com a pesquisa, mesmo com a maior parte dos consumidores já terem comprado na última Black Friday, a tendência é que esse número aumente ainda mais.

O levantamento aponta que 76% dos consumidores efetuaram compras em 2019 e 96% afirmaram que têm a intenção de fazer alguma compra no evento este ano.

As mulheres devem ser a maioria durante as compras deste ano na Black Friday.  Segundo o levantamento, 70% dos usuários que pretendem fazer compras na data são do sexo feminino.

Gráfico de Gênero e Faixa Etária: 29.3% homens e 70.6% mulheres. A maioria dos usuários com idade de 26 a 34 anos (33.9%), seguido por 35 a 45 anos (31.7%), com a faixa 46 a 55 anos com 18.7%

 

Quantidade de compras pretendidas

Para este ano, os consumidores estão com altas expectativas referente aos descontos. Entre os consumidores que têm alguma intenção de compra na Black Friday 2020, 38% pretendem comprar mais de quatro produtos.  60% dos usuários esperam encontrar descontos de mais de 40% nos produtos vendidos durante a data.

O levantamento ainda aponta que 74% dos usuários pretendem fazer compras usando smartphone. Em 2017, o levantamento indicava 46% dos consumidores.

Gráfico mostrando que 73.4% dos usuários pretendem comprar pelo smartphone, 61.9% pelo computador e só 13.3% indo à uma loja física

 

Categorias de produtos

As categorias de produtos mais pretendidas pelos usuários na Black Friday são moda e acessórios, eletrodomésticos, smartphones e decoração.

Gráfico dos produtos desejados: Moda e Acessórios 54.7%, Eletrodomésticos 29.3%, Decoração 26.3% e outras categorias somam 33.8%

Horário das compras preferidos pelos consumidores

A pesquisa ainda aponta que 26% dos consumidores devem se antecipar ficar acordados durante a madrugada para não perder as superofertas da data.

De acordo com o levantamento, 29% dos consumidores pretendem fazer suas compras da Black Friday pela manhã; 27% do público deve escolher a noite para encher o carrinho de compras e 18% acredita que comprar durante a tarde será a melhor opção.

Gráfico de barra mostrando a preferência dos consumidores em comprar pela manhã (29%), mas com todas as opções bem coladas. Tarde, que é o menos utilizado, tem 17,8%

 

Métodos de Pagamento

O cartão de crédito é o método de pagamento mais utilizado por 86% dos usuários na Black Friday, seguido por 13% que preferem concluir a compra via boleto na loja online.

Gráfico mostrando que a maioria dos usuários (85.6%) pretendem comprar via Cartão de Crédito, seguido de Boleto (12.9%). Cartão de loja e outros meios somam 1.5%

Sobre o relatório

A pesquisa realizada tem como base as respostas de questionários online enviados a partir de convites via e-mail para usuários do e-commerce residentes no Brasil.

O estudo foi realizado com mais de mil usuários, entre os períodos de 1 a 10 de novembro de 2020, com intervalo de confiança de 95%. A margem de erro pode variar em 6 pontos percentuais para mais ou para menos.